+55 (64) 3661-8026 | Instituto Onça-Pintada (IOP) jaguar@jaguar.org.br

Onça-pintada registrada pela primeira vez em 100 anos no México central

Devido à pressão de perda de habitat e caça, não havia registros de onça-pintada no México Central desde o início do século 20. Porém, recentemente, pesquisadores do México e da Espanha conseguiram fotografar uma onça-pintada macho nessa região. A preocupação de que a espécie pode ter sido extinta na região da Sierra Nanchititla, Estado do México, causou a pesquisadores da Universidade Autônoma do Estado do México e da Universidade de Alicante, na Espanha, a necessidade de organizar o projeto que resultou na redescoberta desse felino nessa região. Além de três registros fotográficos, pesquisadores coletaram várias fezes atribuídas à espécie.

A bacia do Rio Balsas, localização dos registros de onça-pintada, é de grande importância para a conservação da espécie no México central, sendo que constitui um potencial corredor de dispersão para a espécie nessa região.

Leia mais (em inglês):
http://www.sciencedaily.com/releases/2009/02/090210134448.htm

Leia mais (em espanhol):
http://www.plataformasinc.es/index.php/esl/Noticias/Observan-por-primera-vez-en-100-anos-a-un-jaguar-en-el-centro-de-Mexico