+55 (64) 3661-8026 | Instituto Onça-Pintada (IOP) jaguar@jaguar.org.br

Projetos do IOP

Projetos desenvolvidos pelo Instituto Onça-Pintada

Projetos em Andamento

Para conservar uma espécie, é necessário conhecer suas exigências e os fatores que ameaçam a sua persistência. Com este objetivo, o Instituto Onça-Pintada – IOP, desenvolve projetos institucionais de monitoramento populacional e pesquisas ecológicas sobre a onça-pintada, em áreas estratégicas da Amazônia, Caatinga, Cerrado e Pantanal. Também apóia projetos de instituições parceiras, que levantam importantes informações para o conhecimento e a conservação da espécie em todo o Brasil.

Ecologia e Conservação da Onça-Pintada na Região do Parque Nacional das Emas

Distribuição Atual e Situação de Conservação da Onça-Pintada no Brasil

Rio Araguaia – Corredor das Onças

O projeto Rio Araguaia – Corredor das Onças tem como objetivo geral, implementar o Rio Araguaia como um corredor para as onças, a fim de permitir a conectividade das populações entre os dois maiores biomas do Brasil, Cerrado e Amazônia. O sucesso deste projeto garantirá um futuro para as onças-pintadas, regionalmente ameaçadas, pelas paisagens fragmentadas do Brasil Central.

Ecologia Populacional da Onça-pintada na região do Parque Estadual do Cantão

Uso de Modelagem de Nicho Ecológico na Avaliação da Distribuição Geográfica da Onça-Pintada

Distribuição Geográfica, Avaliação Genética e Odontológica da Onça-Pintada no Brasil

Ecologia e Conservação de Onça-Pintada nos Parques Nacionais Serra da Capivara e Serra das Confusões

Ecologia e Conservação do Tatu-Canastra no Cerrado do Brasil Central

Ilha das Onças

Este projeto levantará informações sobre a população de onças-pintadas em um sistema insular, bem como os aspectos biológicos e ecológicos associados às adaptações das onças nessa ilha.

Projeto Paca de Rabo 

A pacarana é o terceiro maior roedor do mundo e o segundo maior no território brasileiro, no entanto é um dos menos conhecidos pela ciência. Devido ao pouco conhecimento sobre a distribuição da espécie, suas preferências de habitat e seus aspectos populacionais, cria-se a impossibilidade de promover medidas para a sua conservação.

Você também pode contribuir!

Seja VoluntárioDoe Aqui