Pessoas e a Onça-Pintada: A Percepção de Comunidades Rurais Sobre a Espécie em Cinco Biomas Brasileiros

Para estudar a percepção humana sobre a onça-pintada, as suas diferenças regionais e fatores que a influenciam, foram entrevistadas comunidades rurais de cinco biomas brasileiros.

A percepção humana de uma espécie pode ser determinante para o sucesso de sua conservação. Geralmente, as pessoas tendem a proteger os animais que admiram seja pela sua beleza, força, carisma, ou exotismo. Mas, por outro lado, temos a tendência de eliminar espécies que possam atacar, causar danos ou concorrer diretamente com os nossos interesses econômicos. A onça pintada é uma dessas espécies que mistura todas estas reações e, portanto, evoca sentimentos mistos entre diferentes comunidades rurais ao longo de sua distribuição. Isto significa que a espécie, ao mesmo tempo que pode ser adorada por uns e considerada uma ameaça por outros.

Considerando que a percepção humana influencia atitudes e comportamentos e, assim, vai determinar o êxito ou o fracasso de estratégias de conservação, este projeto teve como foco a identificação das percepções de comunidades tradicionais locais sobre a onça-pintada em cinco biomas brasileiros (Caatinga, Cerrado, Pantanal, Amazônia e Mata Atlântica).

Os resultados mostram que a maior parte das pessoas acredita que a onça-pintada não deve ser eliminada da natureza. A maioria dos entrevistados no Pantanal reconheceu a sua importância para o equilíbrio da natureza, enquanto nas outras áreas, motivos como religiosos (a onça-pintada sendo um ser de deus) e antropocêntricos (a posibilidade do ser humano desfrutar da beleza da onça-pintada) são citados com maior freqüência.

Percebe-se que a Amazônia, Pantanal e Cerrado apresentam percepções predominantemente positivas sobre a espécie, enquanto na Caatinga e na Mata Atlântica percepções negativas, como perigo e medo (Santos et al., 2008). Em todos os biomas, ela é considerada um símbolo da biodiversidade brasileira. Entretanto, apesar das similaridades, são biomas de distintas realidades e que possuem culturas, hábitos e relações com a fauna igualmente distintas.

Referências:

Santos, F.R., Jácomo, A.T.A., and Silveira, L. 2008. Humans and Jaguars in Five Brazilian Biomes: Same Country, Different Perceptions. Cat News Special Issue 4, 21-25.

Fotos